Remédio ou Veneno

as-palavras-tem-poder-sobre-pessoasApesar de sempre ter lido bastante na vida, sejam jornais, revistas, livros e nos tempos de modernidade na internet, agora que estou com umas férias programadas de 90 dias, tenho me dedicado a vasculhar o mundo virtual em mais detalhes. Entre várias coisas interessantes, tem me chamado a atenção os comentários que são postados em notas/notícias principalmente em sites e blogs publicados por jornalistas.

Evidentemente que muitos deles, mesmo com posições antagônicas são bem escritos e com fundamentação. Entretanto, tem uma grande quantidade que certamente são de doentes, frustrados, reacionários ou qualquer adjetivo que vá nesta direção. Pessoas que saem vomitando agressões e conteúdo sem o mínimo de coerência, na maioria das vezes inclusive fora do contexto ou assunto publicado pelo jornalista titular do espaço.

Bom, estou diante de um dilema, como decifrar os efeitos que este procedimento tem na vida dessas pessoas?

Então como sou um ser totalmente leigo em psicanálise, apenas emito posicionamento provocativo ao assunto. Como existe um ingrediente adicional, assumo duas vertentes:

1) Para aqueles que se identificam, acredito que seja um remédio, pois mesmo que estejam fora da casinha, colocam sua cara para bater.

2) Os anônimos ou que se utilizam de pseudônimos para se esconder, acredito que seja um veneno, pois além do ato covarde, adicionam mais um ingrediente para sua mente conturbada.

Tenho absoluta convicção que isto mereceria estudos de profissionais especializados.

Você vai gostar de ler também...

2 Registros

  1. ROBERTO SCHWEITZER disse:

    É verdade!

  2. Ricardo Martins disse:

    Grande Derly…você tem razão, sim muita gente usa este espaço virtual para se transformar em jornalista, enfim, e muito profissionais do ramo também se excedem, por inúmeras razões idealismo, cidadania e quero quer também por frustração.. Sou daqueles que dão a cara pra bater e que as vezes exagera um pouco na referencia ao politico e ao gestor mal intencionado, incompetente enfim, mas acho que mais por conta de minha já antiga indignação como cidadão e idealista. Sou contundente mas sincero e verdadeiro e digo na lata da cara do cara também, se necessário for e eu estiver bem fundamentado, mas você tem razão, há exageros e muitos.

    Grande abraço! Boas férias!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *