Aceitação

misterios-vida-mortePois é, esta é a única certeza que temos quando nós nascemos; que um dia iremos morrer. Já perdi horas ou quem sabe ganhei, pensando os motivos para que o fim um dia chegue.

Este assunto sempre aflora e se faz presente quando pessoas que gostamos ou admiramos nos deixam e vão em direção ao céu. Em menos de 24 horas duas pessoas que eu admirava nos deixaram; o meu conterrâneo Paulo Brossard e o uruguaio Eduardo Galeano.

As estatísticas mostram que diariamente morrem 153 mil pessoas no nosso mundo, leia-se planeta Terra. Algo que eu não entendo é o porquê desta disfunção que a vida concede a cada ser humano, seja de tempo, oportunidades e felicidade. Já concluí várias coisas e já obtive várias respostas vindas de terceiros, mas confesso que nenhuma me convenceu. Desisti de obter a resposta, pois é uma condição imutável da vida. Um dia morrer.

Então meus amigos e minhas amigas, vamos viver intensamente enquanto a vida nos é permitida, usufruindo cada segundo, cada minuto, cada hora e cada dia com a maior alegria e felicidade que possamos ter.

Na real, acredito que todas as minhas dúvidas seja pela não aceitação da morte, pois amo viver.

Sendo a morte um fato inexorável, vale lembrar que é o momento onde todos os humanos são literalmente iguais, não existindo diferenças de cor, raça, religião, ideologias, condição social, opções, etc.

Então como seres inteligentes, façamos o óbvio, sejamos felizes.

Você vai gostar de ler também...

2 Registros

  1. Katiely Michielin disse:

    Angustiante. Nem sempre podemos viver bem e com intensidade o tempo todo . Nem sempre fazemos a escolha certa… E mesmo assim, sem saber quando e nem porque, a nossa passagem por aqui acabará. Tudo terá sentido se Deus existe e a vida eterna existir. Ou nada fará sentido pela mesma razão. E continuaremos sem saber… E de preferência sem temer.

  2. vania disse:

    E a vida é bonito e é bonita…então vamos viver intensamente!!! Huhuhu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *